domingo, 17 de agosto de 2008

Lenda de Yansã - Oyá

Yansã - Oyá
Dona do Teto

Oyá é a entidade dos ventos, das tempestades e do rio Níger que em Iorubá chama-se Odo-Oyá. Foi a primeira mulher de
Xangô e tinha um temperamento forte, ardente e impetuoso. Conta a lenda que Xangô enviou-a a uma missão na terra dos
baribas, a fim de buscar um preparado, que uma vez ingerido,
lhe permitia lançar fogo e chamas pela boca e pelo nariz. Oyá
desobedecendo às intruções do esposo experimentou esse pre-
parado tornando-se capaz de também cuspir fogo, para grande
desgosto de Xangô, que desejava guardar só pra si este terrível
poder. Oyá foi no entanto a única mulher de Xangô, que no final
de seu reinado segui-o na sua fuga pra Tapá. E quando Xangô
recolheu-se para debaixo da terra, em Kossô, ela fez o mesmo
em Irá. Antes de se tornar mulher de Xangô, Oyá tinha vivido
com Ogum. A aparência do Deus do ferro e dos ferreiros causou-lhe menos efeito que a elegância, o garbo e o brilho do Deus do trovão. Ela fugiu com Xangô, e Ogum enfurecido, resolveu enfrentar seu rival; mas este último foi à procura de Olodumaré, o Deus supremo, para
lhe confessar que havia ofendido Ogum. Olodumaré interveio junto ao amante traído e recomen-
dou que perdoasse a afronta. E explicou: - Você Ogum, é mais velho que Xangô! Se, como mais velho deseja preservar sua dignidade aos olhos de Xangô e aos outros orixás, você não deve se aborrecer nem brigar: deve renunciar a Oyá sem recriminações! Mas Ogum, não foi sensível à
este apelo, lançou à perseguição dos fugitivos, e trocou golpes de varas mágicas com a mulher infiel, que foi então, dividida em nove partes. Este número nove, ligado a Oyá, está na origem de
seu nome Yansã.
Eparrêi Oyá!

2 comentários:

Tatiana disse...

Adorei essa lenda, mas eu desejo saber de mais historias como eu faço para obter esses textos, você pode me ajudar. Sou filha de Yansã. Desde já te agradeço.

Tatiana Rodrigues, Santa Cruz - Rio de Janeiro

elissandra disse...

adorei essa lenda de oya pois sou filha dela sou da oya balle muito obrigado...elissandra tenho15 anos e sou muito feliz a sabe que eu tenho iansa